quinta-feira, 31 de maio de 2012

A marvada pinga

Quando eu cresci minha mãe me ensinou a não fazer tudo que ela faz , deve ser por experiência própria sei lá . Me ensinou a ser educado , a respeitar , a não fumar , a não beber . Digamos que eu aprendi tudo , bom quase tudo , o único problema é que eu aprendi a beber, agora não quero mais parar  AHAHAH. Eu odiava cerveja , odiava ice , odiava tudo que tinha álcool, agora não sei ir em uma festa sem beber ao menos um copo. Alguns me dizem que eu bebo pra fazer graça , outros que eu bebo pra agradar os outros, mais a verdade é que essa porra de bebida é gostosa pra caralho. O melhor de tudo é poder fazer tudo que eu quero , poder me soltar pra fazer as coisas que tenho vontade , pra extravasar , dançar até cansar , conversar com todo mundo . Não vem me dizer que é psicológico , porque quem bebe mesmo sabe que não é  , quem bebe mesmo sabe de tudo que eu estou falando aqui. Já passei por algumas situações , já cai e tiveram que me levantar, já entrei no meio de brigas e nem sabia quem tava brigando , conversei com a menina que sempre tive vontade e ao mesmo tempo medo, já conquistei várias histórias , e só consegui criar essas histórias porque bebi. Támbem já presenciei meus amigos fazendo muitas cagadas , já apostei com um deles pra ir pegar a menina mais feia da festa , ele foi kk , já vi amigos meus chorando por amor , já vi eles dançando e se divertindo como nunca, e já até jogamos bola depois da festa .São coisas que só a gente pode explicar, mais de uma coisa eu sei , eu bebo mesmo e é tudo problema meu , você que acha que eu sou um idiota por fazer isso,  prazer  essa é a minha vida e quem dita as regras sou eu! 

Diego Follot

Nenhum comentário:

Postar um comentário